“A nossa atividade de motorista é essencial”

12 de janeiro de 2021

O motorista Márcio Ricardo nasceu em 24 de fevereiro de 1977, em Cachoeirinha, cidade localizada na Região Metropolitana do Rio Grande do Sul. Casado há 16 anos e pai de duas filhas – uma de dois e outra de 14 anos de idade –, ele é um colorado que não liga muito para futebol. Da infância, as melhores lembranças remetem aos períodos na praia, na companhia dos pais. “Lembro bem o frio do inverno, na praia. Ficava no sofá, com a coberta, e com a comida da mãe sempre à disposiçao”, relembra com carinho.  

E foi naquele período que ele literalmente se apaixonou pelos caminhões. É uma história inusitada. “Eu tinha paixão pelo caminhão do lixo. Sempre que o veículo passava em frente à casa, eu dizia: eu quero ser lixeiro”, conta ele. Tempos depois, porém, o cunhado começou a dirigir uma carreta. E o sonho de Márcio mudou. “Eu tinha cinco anos de idade e fiquei encantado com o tamanho do veículo. Assim que completei idade suficiente, parti em busca da minha primeira habilitação, e depois fui trocando de categoria.” 

Hoje já são mais de 20 anos atuando como motorista. “Com carreta, são aproximadamente 10 anos”, afirma. Foram anos de muito trabalho e também alguns sustos. E ele faz questão de contá-los. “O meu maior susto foi positivo. Minha esposa ligou e eu pensei que seria alguma notícia ruim, pois ela disse que precisava falar urgentemente comigo. Como eu estava com o veículo parado, eu disse a ela que poderia conversar. Foi então que ela me enviou uma mensagem linda, dizendo que eu seria pai pela segunda vez. Foi um susto muito grande, que no fim foi muito bom”, emociona-se.  

Questionado sobre a lida diária, Márcio mantém a simplicidade. “Eu costumo acordar cedo, faço minha rodagem conforme solicitado, e durante meus intervalos eu sempre deixo minha caixa organizada. Durante a noite, eu tomo o meu chimarrão e faço um lanche. Consigo sempre organizar minha viagem da melhor forma possível, pois organizo o roteiro na saída”, comenta. E entre os destinos preferidos, o Estado de Santa Catarina. “Eu gosto de fazer o interior o SC, pelos hábitos e culturas das cidades”, afirma ele.  

Sobre o mercado de trabalho, o nosso motorista alerta para a importância de sempre estar atento às necessidades dos motoristas e dos clientes, mantendo as melhorias constantes para os funcionários e prestando atendimento ao cliente com excelência. Por fim, Márcio admite um sonho pessoal. “Quero olhar para trás e perceber que não errei com ninguém nos lugares que passei”, finaliza o nosso experiente e competente motorista.  

 “Sucesso é conquistar aquilo que você deseja. Felicidade é valorizar aquilo que você conquistou”! 

Obrigada por fazer parte da nossa equipe. 


Créditos: Agência Lente M