“Desde criança eu sempre gostei muito de caminhão”

25 de julho de 2020

A Tomasi Logística está próxima de completar 30 anos de atividades. Desde sempre, somos muito gratos pelo trabalho diário dos nossos colaboradores, que auxiliam de forma essencial para o crescimento do negócio e para o desenvolvimento e movimentação do nosso Brasil. E hoje é Dia de São Cristóvão, o padroeiro dos motoristas. Diante disso, vamos conhecer um pouco mais a história do nosso colaborador, Mateus Garcia da Rosa.

O nosso experiente e dedicado motorista de Rodotrem ingressou na Tomasi Logística em maio de 2014. Entretanto, sua paixão pelas estradas e pelos caminhões vem desde cedo. “Desde criança eu sempre gostei de caminhão. Eu ficava horas e horas observando os caminhões, subindo e descendo na rodovia que ficava próxima de onde eu morava”, relembra.

Ele também recorda o momento em que decidiu seguir a carreira de motorista de caminhão. “Eu costumava ir junto com colegas para fazer entregas em outras cidades. E foi isso que me motivou a ser quem eu sou hoje, mesmo com algumas dificuldades impostas pela profissão”, afirma. Mateus também relembra sua primeira viagem. “Lembro, e muito bem. Eu carreguei na cidade de Esteio e transportei a carga para São Paulo, em um caminhão truck.”

Para Mateus, o caminhão é como o sangue que corre nas próprias veias. Já é parte do DNA dele. Questionado sobre o que lhe deixa mais feliz, ele é categórico. “O que mais me deixa feliz é ter um bom caminhão para trabalhar, conseguir realizar a entrega com sucesso no cliente, e poder retornar para casa.” Ele também alerta para as dificuldades da profissão. “Por vezes, enfrentamos viagens muito longas. É cansativo. Mas a gente se motiva a continuar, especialmente diante do bom relacionamento com os colegas.”

Por fim, Mateus deixa um outro recado aos colegas motoristas, e também para os amigos ou "irmãos" da estrada. “Você que está pensando em trabalhar como caminhoneiro, não desista dos seus sonhos. Mesmo passando por dificuldades, e são muitas que encontramos ao longo dos dias, tenha fé e acredite que vale a pena. E corra atrás dos seus sonhos”, finaliza.

 


Créditos: Agência Lente M Conteúdo