Monitoramento da frota garante economia, segurança e sustentabilidade ambiental

06 de março de 2020

A Tomasi Logística passou a utilizar em março de 2019 o moderno sistema de telemetria. Desde então, e graças ao monitoramento em tempo real de toda a frota própria, a empresa reduziu em 12% os gastos com combustível. O controle efetivo e constante também gera maior segurança aos motoristas e ameniza os problemas de depreciação dos veículos. Objetivo é melhorar os índices e manter a excelência dos serviços aos clientes e embarcadores.

Responsável pelo monitoramento, Paulo Ricardo Harres atua faz mais de três décadas no ramo de transporte e logística. Segundo ele, o gerenciamento da frota é realizado por meio da tecnologia da Sascar. “Conseguimos monitorar 100% da frota, acompanhando assim toda a movimentação de cargas”, resume. “Um dos programas é a telemetria. Consigo acompanhar todos os veículos, desde o momento da partida, até o momento de chegar ao destino.”

Com o sistema, Harres percebe erros cometidos durante as viagens. Entre esses, cita excesso de velocidade, excesso de rotação, freadas e arrancadas bruscas, uso excessivo da embreagem. “Tudo gera depreciação do veículo e gastos com combustível. Hoje, tenho todas as informações de forma instantânea e posso entrar em contato na hora com o motorista. Antigamente, essa checagem era realizada só no fim da viagem, e era difícil evitar o prejuízo.”

Em suma, a telemetria é basicamente a medição de dados do veículo e a transmissão remota e em tempo real desses dados para uma central de monitoramento que a empresa monta – no caso da Tomasi Logística, a central fica instalada na Unidade de Estrela (RS). Por meio desse modelo, é possível coletar dados do odômetro, RPM, consumo de combustível, velocidade e muito mais.

A telemetria também proporciona a redução de acidentes e auxilia na sustentabilidade ambiental. “Gastando menos óleo diesel, automaticamente a nossa frota está colaborando para manter um meio ambiente mais saudável, garantindo melhor qualidade de vida para a sociedade e também para o próprio motorista. E nosso desafio diário é esse: convencer as pessoas sobre a importância de nos adequarmos às práticas sustentáveis da empresa.”

Três décadas atuando com transporte

Nascido em 1971, Paulo Ricardo Harres é natural de Venâncio Aires e atua no setor de transporte e logística desde 1986. Ele ingressou na Tomasi Logística no fim de 2018, e hoje é morador de Lajeado (RS). “Moro em Lajeado com dois filhos: o Henrique e Pedro. Estamos gostando muito do Vale do Taquari.”

Harres está cursando Graduação em Administração pela Universidade do Vale do Taquari (Univates). Já em seu currículo, tem passagens por diversas gerências de frotas e filiais em todo o Brasil. “Eu já morei em São Paulo (SP), Itajaí (SC), Porto Alegre (RS), Uberlândia (MG) e outros pontos do país, sempre trabalhando com esse monitoramento e acompanhamento das frotas. Logística é a minha vida”, resume.

 

 

 


Créditos: Agência Lente M Conteúdo